fbpx
0%

5 dicas de decoração sustentável para tornar o ambiente mais agradável

A decoração sustentável é uma alternativa que tem sido bastante valorizada em projetos arquitetônicos. Essa opção pode ser divertida e bem mais em conta que a maioria de outros estilos, além de contribuir para poupar os recursos naturais.

É cada vez mais comum fazer ou reaproveitar materiais para compor os ambientes da casa, criando espaços únicos e sofisticados que contenham a essência e a personalidade dos moradores. E o melhor é que, além de apostar em soluções acessíveis, você estará colaborando para minimizar os impactos ambientais, com um consumo mais consciente em relação aos elementos decorativos.

Ficou curioso? Então, continue a leitura e confira 5 dicas de decoração sustentável para tornar a sua casa ainda mais agradável. Boa leitura!

Entenda o conceito de decoração sustentável

A decoração sustentável parte do conceito dos 3 R’s: reduzir, reutilizar e reciclar. Sendo assim, o maior objetivo é poupar a natureza e seus recursos, promovendo menos impactos ambientais e possibilitando uma melhor qualidade de vida para todos. 

Dentro de casa, é totalmente possível reduzir custos, reutilizar e reciclar materiais, dando a eles novas funções e formas de uso. Para aproveitar a tendência, você pode optar por peças que tenham um processo de produção menos agressivo ao meio ambiente ou adotar o estilo “faça você mesmo”, criando elementos únicos e artesanais para compor diversos cômodos.

Confira 5 dicas de decoração sustentável para a sua casa

Uma dúvida recorrente entre as pessoas tem a ver com os tipos de materiais mais adequados e como combiná-los para criar áreas aconchegantes e bonitas no imóvel. Tudo vai depender do seu estilo pessoal e do que você pretende transmitir em cada ambiente da casa. 

É muito comum, por exemplo, reciclar determinadas peças ou fazer objetos completamente artesanais, partindo da sua criatividade. Confira, a seguir, 5 dicas de decoração sustentável e formas de aproveitá-las em seu projeto arquitetônico ou de interiores.

1. Use objetos artesanais

O primeiro passo é optar, sempre que possível, por objetos artesanais ou que priorizam elementos naturais e reaproveitados. Alguns móveis, podem ser facilmente confeccionados com caixotes de madeira, por exemplo, oferecendo um ar descolado que proporciona mais aconchego aos cômodos.

2. Faça você mesmo

Utilizar a criatividade para elaborar objetos únicos e ecológicos também pode ser uma alternativa interessante, inclusive se o intuito é economizar. Você pode reutilizar materiais que estão sobrando em casa e que, com o tempo, foram acumulando, como garrafas de vidro, por exemplo, para criar peças bonitas e funcionais.

3. Aposte nos reciclados

Aproveitar materiais contribui para a diminuição dos resíduos e para a sua economia. Por exemplo, você pode reutilizar tecidos antigos para criar almofadas e estofar poltronas, mesclando padrões e estampas que trazem resultados incríveis para a decoração.

4. Opte pelo minimalismo

O estilo minimalista parte da ideia de diminuir o consumo exagerado e o acúmulo de elementos materiais dentro de casa. Ou seja, o maior objetivo é se livrar dos excessos e viver apenas com o essencial, simplificando os espaços e, também, o dia a dia dos moradores.

5. Reutilize objetos

Sabe aquela mobília antiga que está encostada em casa? Antes de pensar em descartá-la, você pode reutilizá-la, dando um belo trato em sua estrutura para compor um determinado ambiente no imóvel. Tudo dependerá, é claro, da sua criatividade e da funcionalidade que a peça pode oferecer.

Cada vez mais em alta, a decoração sustentável pode ser bastante charmosa, mesmo que tenha elementos simples e econômicos. Além de dar uma cara única para a sua residência, você estará contribuindo para minimizar os impactos ambientais — algo tão urgente nos dias atuais.

Gostou do nosso conteúdo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e faça com que mais pessoas tenham acesso a estas valiosas informações!

Que tal economizar tempo, dinheiro e energia nesse processo? Descubra como o Ideação pode ajudar você e sua obra.